Leia! Em breve mais indicações :D

  • Ao Professor com o Meu Carinho- Rubem Alves
  • Escola e rua: jovens egressos recontam esta história- Nara Ramos
  • Estatuto da Criança e do Adolescente
  • Estratégias Para Auxiliar o Problema de Evasão Escolar - Franklin P. Schargel
  • O Mistério das Bolas de Gude - Gilberto Dimesntein
  • Pedagogia da Autonomia - Paulo Freire
  • Pedagogia da Esperança- Paulo Freire
  • Quem grita perde a Razão- Luiza Ricotta

Vídeos Relacionados

Loading...

domingo, 6 de junho de 2010

Pesquisadores , colaboradores e acadêmicos que participam do Núcleo:

Pesquisadores:

Profª. Drª. Nara Vieira Ramos
Assistente Social-Ms. Maria Laci Moura Leal
Ms. Vergínia Rossato - Enfermagem

Colaboradores:

Ana Izabel Nunes Santos
Maria Rita Py Dutra
Nelly Corrêa Mello
Sonia Maria Nunes Saldanha
Valesca Trindade


Acadêmicos:
Camila Espelocin
Caroline Marconato
Chaister Andrei Lima de Campos
Cíndia Jesana Micaela Millani da Silva
Ethiana Sarachin
Guilherme Kieling
Indyele S. Fontoura
João Henrique Quoos
Laura Caroline Lemos
Letícia Degrandi Gelatti
Michele Rodrigues
Nathana Fernandes
Paola S. Cezar
Rochelli Medianeira Bariani Chiappa






sexta-feira, 11 de dezembro de 2009

Filme Verônica, um retrato de uma situação muito atual!

Elenco: Andréa Beltrão, Marco Ricca, Matheus de Sá, Giulio Lopes.
Direção: Maurício Farias
Gênero: Ação
Duração: 87 min.

Sinopse: VERÔNICA é professora da rede municipal de ensino há vinte anos e agora, na iminência de se aposentar e passando por sérios problemas pessoais, está exausta e sem a paciência de sempre. Um dia, na escola em que trabalha, ela percebe que ninguém veio buscar Leandro, um aluno de oito anos. Já é tarde da noite quando a professora decide levá-lo em casa. Ao chegar no alto do morro, encontram a polícia e muito tumulto. Traficantes mataram os pais de Leandro e querem matá-lo também. Verônica foge com o menino. Ela procura ajuda e descobre que a policia também está ligada ao assassinato dos pais do menino. Sem poder confiar em ninguém, ela decide esconder o garoto. Assim, Verônica é obrigada a enfrentar policiais e traficantes para sobreviver. E enquanto procura uma maneira de escapar com o menino, redescobre sentimentos que estavam adormecidos na sua vida solitária e difícil.

http://www.youtube.com/watch?v=nmeGK572Nh0

Nós apoiamos essa Idéia!



 

Entre em Contato :D

Endereço:
Av. Roraima - Faixa de Camobi -Km 9.
Reitoria - Sala 936.
Cep-97105900
Santa Maria - Rio Grande do Sul

Telefone para contato:
55 32209532

E-mail:
nejif@hotmail.com

Twitter: http://twitter.com/nejif

Ações do Núcleo


PROJETO: Pesquisa Diagnóstico sobre Serviços Escolares e Não- Escolares de atendimento à Infância, à Juventude e às Famílias em Santa Maria/ RS.

Objetivo Geral: Conhecer e mapear  os serviços escolares e não-escolares de atendimento à infância, juventude e famílias em Santa Maria para articulação em rede.

Mais informações: Observamos em Santa Maria em relação à Rede de Atendimento escolar e não-escolar para a infância, juventude e famílias a mesma situação que ocorre no restante do país, onde a mesma não existe de fato, e sentimos a necessidade de estarmos nos debruçando sobre esta questão e auxiliando nesta construção efetiva.
A partir da Pesquisa e Diagnóstico envolvendo crianças e adolescentes em situação de risco pessoal e social em Santa Maria, desenvolvida no ano de 2003, pelo Centro Universitário Franciscano - UNIFRA percebeu-se que o problema da infância, da juventude não pode ser tratado de maneira superficial.
Os resultados obtidos na referida pesquisa apontaram a região oeste e norte de Santa Maria como as mais vulneráveis. Na região oeste registraram-se os maiores índices de violência contra a criança e o adolescente; situação de rua (tomando-se o índice registrado pelas entidades) e trabalho infantil. A região norte aparece como a segunda região mais vulnerável de Santa Maria, figurando em primeiro lugar: na utilização de substâncias psicoativas por parte de crianças e adolescentes; por número de jovens atendidos em medida sócio-educativa não privativa de liberdade; também em situação de rua (considerando-se aqui as crianças e adolescentes abordados nas ruas de Santa Maria). Quanto ao número de adolescentes gestantes a zona leste apresenta o maior índice de ocorrências e a região norte, o segundo.
Foram visitadas 97 instituições escolares e não escolares da região. Estamos atualmente em processo de análise dos dados e montando juntamente com o Curso de Geógrafo o mapa com as entidades devidamente localizadas por GPS.






PROJETO: Ações Coletivas com Crianças, Adolescentes, Jovens e Familiares em Situação de Risco Pessoal e Social.

Objetivo Geral: Construir ações coletivas para a inclusão de crianças, adolescentes, jovens e seus familiares em situação de risco pessoal e social nas políticas públicas, contribuindo para sua efetiva cidadania.

Mais unformações: Os acadêmicos que fazem parte da pesquisa, trabalhando em duplas, em determinados bairros da região norte, escolheram em seu bairro de pesquisa, uma escola para fazer acompanhamento da situação de crianças e adolescentes que recebem “Bolsa Família”, para visitação e estudo da situação destas crianças, adolescentes e de suas famílias, posteriormente encaminhando para programas e projetos dos serviços escolares e não-escolares.




PROGRAMA: Programa de Apoio à Infância, à Juventude e suas famílias em Políticas Públicas.

Objetivo Geral: Construir parcerias para a efetivação da rede de atenção integral em políticas públicas, para a infância, juventude e suas famílias a partir do Estatuto da Criança e do Adolescente.

Mais informações:
Propomos um programa de extensão para a cidade de Santa Maria que tenha por finalidade a construção de parcerias para a efetivação de políticas públicas, cidadania e ações coletivas voltadas para a infância, juventude e suas famílias. Neste sentido, o presente programa de extensão mostra-se relevante para Santa Maria e região, bem como possibilita a criação de novos canais de atuação da Universidade Federal de Santa Maria a partir de uma proposta interdisciplinar e transdisciplinar em plena construção, com as seguintes diretrizes:
- Capacitação permanente para o reordenamento institucional e conscientização da aplicabilidade das ações dos diferentes segmentos que atuam na defesa dos direitos da infância e da juventude;
- Integração permanente entre todos os órgãos de todas as esferas que atuam com a área da Infância e da Juventude, de forma a garantir um fluxo de informações e trocas de experiência que subsidiarão, com segurança, a tomada de decisões;
- Desencadeamento em todos os níveis, de programas para apoio, orientação e promoção à família tendo em vista a conscientização e comprometimento da comunidade com as causas emergenciais que afetam a infância e a juventude (ética, violência, sexualidade, trabalho infantil, drogadição, etc.).
- Formação de novas parcerias, envolvendo o Poder Público através do Governo do Estado do Rio Grande do Sul e da Prefeitura Municipal de Santa Maria, o que sinaliza para a realização de um trabalho conjunto em prol do social;
- Integração dos cursos de graduação envolvidos, pois possibilita o intercâmbio de saberes e a troca de experiências entre os profissionais e os acadêmicos dos respectivos cursos;
- Desenvolvimento da extensão como uma atividade privilegiada dentro da academia, oportunizando espaço para a realização da prática profissional e para a interação do futuro profissional com o meio social em que vai atuar, fatores que contribuem para a formação de um profissional crítico, comprometido com o seu tempo e com as mudanças sociais que se fazem necessárias;
- Possibilidade da Universidade Federal de Santa tornar-se um referencial regional neste campo de atuação, o que colabora na formação de uma verdadeira cultura universitária, firmada nos, pilares ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO.